Buscar
  • Yuri Felix Araujo

AMOR DE DEUS

Quando eu me entreguei a Deus

Não sabia o que estava fazendo

Confesso que estava morrendo

Não reconhecia os caminhos meus


Sofria, se a mulher me desprezava

Se um cliente não aprovasse um job

Já não tinha gosto, nem mais hobby

O amor não ria e alegria era rara


Era apegado a tudo o que eu tinha

E temia perder cada minuto de vida

Vivia numa saudade de despedida

Parecia que a morte me sobrevinha


Quando eu gritei "Deus, cadê você"?

Estava num carro perante o oceano

Acho que era o início daquele ano

Ninguém podia me ouvir ou me ver


E veio o socorro, por um telefonema

O filho de uma amiga com a Bíblia

Uma chance que até hoje me brilha

Aparato ao meu choro, sem dilema


Confessei o pecado daquele tema

Que me afligia e me rodeava de dor

Entreguei minha vida ao Senhor

E tudo se acalmou, sem contenda


Mudança, alívio e o esquecimento

Mudei de cidade, mas não mudei

Mantive a idolatria, sem meu Rei

Enrolando-me em mais sofrimento


Falando de sonhos, Jesus me veio

Acendendo uma chama de esperança

Antes da tempestade, disse "bonança"

Aquela era a boia ou um santo arreio


No dia da grande tribulação, o dia mau

Poderia ter morrido, mas me lembrei

Da promessa de bondade do meu Rei

Desejei viver, não pagar o mal com o mal


Enfim, consciente, eu me entreguei

Na verdade, reiterei minha decisão

Uma vez que Deus teve compaixão

Eu já estava em Jesus, pois enxerguei


Em quase dez anos de adversidades

Nada me faltou, muito menos consolo

Jesus me afagou, protegeu meu couro

Enquanto sofria, sentia felicidade


E, assim, amando a Deus e, portanto

Confiando fielmente em Suas promessas

Suportei dias difíceis, noites adversas

Às avessas do que sonhei, acreditando


Ainda, de certa forma, estou no deserto

Vivo de caridade, meu trabalho é vão

Sentir-me-ia inútil e desprezível, mas não

Já não vivo de orgulho, nem de perto


O amor de Deus me basta, sou abastado

E só sei dizer uma coisa: o Senhor é fiel

O juízo me sobreveio, mas o amor é o céu

Até quando castigado, sentia-me amado


Muitas orações para familiares e amigos

Deus atendeu e me fez compreender

Que em tudo aquilo que Ele não ceder

É melhor para nós, sabedoria é o abrigo


O Senhor nos livre de trapacear para ter

Alguma coisa que não seja da Sua vontade

Pois Ele permite nossa escolha, liberdade

Para aprender e só a vontade Dele querer

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo